Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Na Ala 11, Esquadrão Corsário celebra 50 anos de existência

Esquadrão realiza missões de transporte e, atualmente, opera a maior aeronave da FAB


Agência Força Aérea | DefesaNet


O Esquadrão Corsário (2º/2º GT) celebrou, na quarta-feira (03/10), o seu 50º aniversário de criação. A cerimônia militar, realizada no pátio de formaturas da Ala 11, no Rio de Janeiro (RJ), foi presidida pelo Diretor de Administração do Pessoal da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Mauro Martins Machado, e contou com a presença do Tenente-Brigadeiro da Reserva Marco Aurélio Gonçalves Mendes.

Tenentes Arthur Souza Rodrigues da Costa,  Felipe Bueno e Tenente-Coronel Bruno Pedra

Atualmente, o Corsário opera o maior vetor já voado pela Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave C-767, participando ativamente do processo de interiorização dos imigrantes venezuelanos no Brasil.

O Comandante do Corsário, Tenente-Coronel Aviador Sérgio Heitor Carpinteiro Péres Junior, lembrou de missões em que o Esquadrão esteve envolvido anteriormente, como o apoio às vitimas de um tsunami na Tailândia, o resgate de brasileiros no conflito entre o Líbano e Israel e o transporte das tropas brasileiras no Haiti durante a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

“Ergamos com orgulho o peito ao envergarmos as cores verde e amarelo de nossa bolacha e o azul do nosso cachecol, pois a Força Aérea e a própria nação sabem o quanto temos feito e, o quanto ainda faremos, em prol de uma moderna aviação de Transporte”, disse.

Durante a solenidade, o Comandante da Ala 11, Brigadeiro do Ar Mozart de Oliveira Farias, fez a entrega das homenagens aos destaques profissionais de 2018, o Sargento Alexander José Abdo de Oliveira (Graduado Padrão) e o Soldado José Luiz Batista Gomes de Freitas (Praça Padrão).

Ainda, ex-Comandantes do Esquadrão foram homenageados, recebendo uma lembrança do atual Comandante.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas