Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

No sul da Síria, radicais fogem abandonando armas e… barbas (VÍDEO)

O Exército sírio continua avançando contra as posições terroristas na região do deserto de As-Suwayda, na área das colinas de Tulul al-Safa. Os radicais estão abandonando suas posições junto com as armas. Para além disso, eles cortam as barbas para se misturarem com os civis.


Sputnik

O correspondente da Sputnik Árabe comunicou a partir de As-Suwayda que, depois de perder as principais fontes de água, as forças terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em vários outros países) enfraqueceram consideravelmente, os radicais já não conseguem fazer frente ao Exército sírio. Na área montanhosa liberta recentemente, os soldados sírios encontraram um armazém com armamentos, produtos alimentícios e um posto médico. 


Soldados sírios na área libertada dos terroristas no deserto de As-Suwayda
Militares sírios na área libertada dos terroristas © Sputnik / Basem Haddad

De acordo com o correspondente, durante a operação de limpeza do território, foi encontrada uma grande quantidade de ataduras, embalagens de medicamentos e ampolas, o que revela que os terroristas estão sofrendo múltiplos ferimentos.

Além disso, os soldados encontraram restos de barbas e cabelo comprido. Aparentemente, os terroristas se barbeiam para mais facilmente se misturarem com os civis.

Nas fortificações abandonadas dá também para ver estume de burro. Pelo visto, os radicais utilizavam estes animais para transportar os armamentos e outras cargas pesadas. É impossível usar veículos entre as rochas, explicou o correspondente.


Comentários

Postagens mais visitadas