Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

No sul da Síria, radicais fogem abandonando armas e… barbas (VÍDEO)

O Exército sírio continua avançando contra as posições terroristas na região do deserto de As-Suwayda, na área das colinas de Tulul al-Safa. Os radicais estão abandonando suas posições junto com as armas. Para além disso, eles cortam as barbas para se misturarem com os civis.


Sputnik

O correspondente da Sputnik Árabe comunicou a partir de As-Suwayda que, depois de perder as principais fontes de água, as forças terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em vários outros países) enfraqueceram consideravelmente, os radicais já não conseguem fazer frente ao Exército sírio. Na área montanhosa liberta recentemente, os soldados sírios encontraram um armazém com armamentos, produtos alimentícios e um posto médico. 


Soldados sírios na área libertada dos terroristas no deserto de As-Suwayda
Militares sírios na área libertada dos terroristas © Sputnik / Basem Haddad

De acordo com o correspondente, durante a operação de limpeza do território, foi encontrada uma grande quantidade de ataduras, embalagens de medicamentos e ampolas, o que revela que os terroristas estão sofrendo múltiplos ferimentos.

Além disso, os soldados encontraram restos de barbas e cabelo comprido. Aparentemente, os terroristas se barbeiam para mais facilmente se misturarem com os civis.

Nas fortificações abandonadas dá também para ver estume de burro. Pelo visto, os radicais utilizavam estes animais para transportar os armamentos e outras cargas pesadas. É impossível usar veículos entre as rochas, explicou o correspondente.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas