Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Quem venceu combate entre Su-27 e F-15 durante exercícios militares na Ucrânia?

O combate aéreo entre o caça Su-27 e o F-15 ocorreu durante as manobras internacionais Clear Sky 2018 na Ucrânia.


Sputnik

O caça de quarta geração Su-27, que integra a Força Aérea ucraniana, demonstrou sua superioridade no combate a 1-1,5 km de distância em relação ao caça norte-americano F-15C Eagle, conforme informado pela televisão ucraniana. Do combate participaram grupos de 4 ou 5 aeronaves de cada lado.


Su-27 ucraniano durante manobras militares Clear Sky 2018
Sukhoi Su-27 ucraniano © REUTERS / Gleb Garanich

Segundo o navegador principal da brigada aérea, Aleksandr Mostovoy, o Su-27 venceu o combate aéreo por possuir uma maior agilidade e devido a possuir melhores mecanismos instalados na aeronave.

O caça Su-27 realizou seu primeiro voo em 20 de maio de 1977 e em 1982 passou a ser produzido em série, sendo integrado no Exército soviético em 1984.

Durante a simulação de combates aéreos, as aeronaves deveriam entrar rapidamente em formação de ataque, obtendo uma posição favorável perante o "inimigo".

Os exercícios internacionais Clear Sky 2018 estão decorrendo na Ucrânia desde 8 até 19 de outubro, contando com a participação de diversos países da OTAN: Bélgica, Reino Unido, Dinamarca, Estônia, Holanda, Polônia, Romênia e EUA.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas