Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono se diz pronto para admitir ter muitos 'criminosos' nas suas tropas

Depois que uma série de terríveis desastres de relações públicas que expôs soldados de elite dos EUA sendo presos por posse de drogas, abuso, estupro e assassinato, o Pentágono está reprimindo questões disciplinares em seu Comando de Operações Especiais, segundo um novo relatório.
Sputnik

Com "alegações de falta grave" acumulando-se altas demais para serem ignoradas após duas décadas de guerra, o general Raymond "Tony" Thomas, chefe do Comando de Operações Especiais, e Owen West, chefe de Operações Especiais e Conflito de Baixa Intensidade do Pentágono, esboçaram um ambicioso plano de 90 dias para descobrir como o corpo de elite militar se perdeu.


O primeiro de seu tipo, a avaliação profissional pretende "rever e reforçar os padrões éticos e de conduta", segundo documentos adquiridos pelo jornal The Washington Times.

"O primeiro passo em qualquer programa de tratamento é admitir que você tem um problema", disse uma autoridade do Comando de Operações…

O substituto do avião Bandeirante vai ser lançado este mês (VIDEO)

No ano em que o avião EMB-110 Bandeirante completa 50 anos do primeiro voo, um projeto 100% brasileiro está sendo desenvolvido por engenheiros que trabalharam na Embraer e promete atender as demandas dos diversos mercados de transportes aéreo do Brasil, países vizinhos e Forças Armadas.


Poder Aéreo

A DESAER, estabelecida nas instalações da Incubaero no DCTA, um pool de start-ups e pesquisa de alta tecnologia dentro do Departamento de Ciência e Tecnologia da Força Aérea Brasileira em São José dos Campos-SP, está desenvolvendo uma aeronave com baixo custo de aquisição, operação e manutenção, capaz de voar fazendo transporte de carga e de passageiros, oferecendo mais segurança de voo em regiões remotas como a Amazônia.

ATL-100

O ATL-100 é um avião bimotor de asa alta, tradicional, empenagem convencional, estrutura semi-monocoque com seção central da fuselagem em material metálico, não pressurizado, com superfícies de comando, rampa traseira e partes não estruturais em material composto, trem de pouso triciclo fixo e alcance com MTOW de 19.000 libras de 1.600 km.

Uma dos pontos fortes do novo avião será sua rampa de carga, que poderá receber até 3 pallets LD3 na versão fullcargo, versões quick-change para ambulância, evacuação humanitária e paraquedistas equipados. Poderá também ser equipado para realizar missões de patrulhamento, vigilância, inteligência e reconhecimento.

O ATL-100 terá 2 motores com 1.000SHP de potência cada um, com uma velocidade máxima aproximada de 430 km/h, podendo transportar 2.500 kg de carga ou 21 passageiros.

O lançamento oficial da aeronave está marcado para o dia 17 de outubro e, se tudo der certo, sua produção deverá começar daqui a 5 anos.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas