Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Ocidente busca pretexto para enviar navios da OTAN ao mar de Azov

A OTAN tem interesse na escalação das tensões no mar de Azov, para poder enviar seus navios de guerra para o local, disse à Sputnik o representante da região de Crimeia na câmara baixa do Parlamento russo, Ivan Abazher.


Sputnik

Nesta quinta-feira, o Parlamento Europeu aprovou uma resolução, solicitando às autoridades da União Europeia fortalecer as sanções contra Rússia no caso de uma "escalação" da situação no mar de Azov.


Resultado de imagem para mar de azov

Além disso, as autoridades executivas do bloco foram convidadas a avaliar a criação do cargo de "enviado especial para Crimeia e Donbass".

"Essas resoluções são produto da política antirrussa, que acusa a Rússia de todos os males possíveis e impossíveis. Devemos entender com clareza que a escalação das tensões com a Rússia só tende a aumentar, pois as nossas conquistas internas os irritam. Eles aceitam qualquer motivo para enviar os navios da OTAN para as águas do mar de Azov", disse Abazher.

Segundo o representante da Crimeia, Rússia não deve adequar a sua política de segurança no mar de Azov aos interesses estrangeiros.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas