Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Pentágono suspende operações de todos caças F-35 após acidente

O Pentágono suspendeu temporariamente as operações do F-35 após seu primeiro acidente.


Sputnik

As operações foram suspensas para realizar inspeções nos sistemas de combustível da aeronave, já que há a suspeita de que o problema tenha ocorrido justamente nos tanques instalados. Com esta suspensão, os tanques serão removidos e substituídos, segundo o portal Military Times.


Caça F-35 sendo reabastecido na Base Aérea de Eglin, na Flórida
Lockheed Martin F-35 Lightning II | Samuel King Jr./ for U.S. Air Force

"Está previsto que a verificação dos sistemas seja concluída dentro de 24 ou 48 horas", afirma o Pentágono.

A decisão foi tomada após o acidente que envolveu um F-35B do Corpo de Fuzileiros dos EUA no dia 28 de setembro nas proximidades de Beaufort, na Carolina do Sul. Foi ressaltado que o piloto se ejetou em segurança.

Mais de 320 caças F-35 estão operando em aproximadamente 15 bases em todo o mundo. Além disso, o caça já se tornou no mais caro da história da produção de armamentos militares.

Para um caça com tanta tecnologia e de elevado custo, ele vem ganhando fama perante a mídia devido aos seus problemas técnicos e missões inúteis, as quais servem apenas para gastar dinheiro dos contribuintes, além de ser um projeto vulnerável a ataques, precisando de apoio para enfrentar o inimigo, conforme opinião da mídia.

Comentários

Postagens mais visitadas