Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Reino Unido pretende 'dar resposta' ao tanque russo Armata, diz mídia

O Reino Unido apresentou o protótipo do novo tanque Black Night (Noite Negra), desenvolvido com base no Challenger 2, resposta potencial ao poderoso tanque russo Armata, escreve a revista alemã Focus.


Sputnik

A edição descreve o blindado russo como "o carro de combate mais avançado do mundo", sublinhando que seu surgimento fez com que países ocidentais começassem a modernizar equipamento. Em particular, o Reino Unido planeja modernizar cerca de 400 tanques Challenger 2 que começaram a ser produzidos ainda em 1994.


Resultado de imagem para bae black night
O veículo de combate terrestre não tripulado Black Knight demonstra tecnologias robóticas avançadas


A empresa militar britânica BAE Systems apresentou no início de outubro o protótipo da possível versão modernizada do tanque Challenger 2, lembra o artigo. Os desenvolvedores planejam aprimorar capacidades de combate do tanque por meio de um sistema de visão noturna e de um novo sistema de defesa, que poderá detectar e liquidar mísseis antitanque.

Ao mesmo tempo, destaca a Focus, a produtora ainda não pretende criar novas armas para o tanque, embora seus armamentos principais sejam considerados obsoletos e incapazes de perfurar a blindagem frontal do Armata.

Em 2016, o consórcio Rheinmetall apresentou, no âmbito da exposição Eurosatory, um canhão de maior potência, de 130 milímetros. Porém, alguns temem que a arma, com um comprimento superior a seis metros, simplesmente não caiba na torre do Challenger 2.

Resumindo, a edição alemã chega à conclusão que países ocidentais precisam de tempo para criar um análogo adequado ao Armata russo.

O T-14 Armata é o único tanque no mundo de 3ª geração pós-guerra. O blindado é equipado com um canhão de 125 milímetros com controle remoto (e ainda pode ser equipado com um canhão de 152 mm).

O veículo tem uma cápsula isolada por dentro para os tripulantes, que os protege mesmo que a torre seja atingida e as armas peguem fogo. O T-14 é capaz de enfrentar um ataque direto da maioria de projéteis e mísseis modernos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas