Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Revelada versão principal da causa do acidente mortal com caça ucraniano Su-27

A versão principal da causa do acidente com o caça ucraniano Su-27, ocorrido na terça-feira (16) na região ucraniana de Vinnitsa, foi a violação de regras de voo ou de preparação prévia ao voo, comunicou ao portal Obozrevatel o porta-voz da Procuradoria Militar da Ucrânia, Andrei Kiselev.


Sputnik

Ele destacou que outras versões ainda não foram excluídas pela comissão de investigação do acidente.


Su-27
Sukhoi Su-27 Flanker © Foto: Sukhoi Company

"Também são possíveis outras [versões], mas isso só se tornará certo depois de nós termos conclusões da comissão de especialistas do Ministério da Defesa e do laboratório de aviação, que estão trabalhando no lugar do acidente", explicou Kiselev.

Segundo contou o porta-voz ao portal ucraniano Obozrevatel, os especialistas estão examinando a documentação de voo e outros documentos ligados ao avião Su-27 que caiu na Ucrânia.

A tragédia ocorreu na terça-feira (16) no povoado de Ulanov, na região de Vinnitsa, quando o avião realizava um combate simulado durante os exercícios internacionais Clear Sky 2018.

De acordo com as últimas informações fornecidas pelo Ministério da Defesa da Ucrânia, dois militares de cidadania ucraniana e norte-americana morreram no acidente.

Segundo as fontes da mídia ucraniana, os pilotos não comunicaram quaisquer falhas ou outros perigos. A versão sobre dificuldades de comunicação entre os pilotos foi excluída, visto que o militar ucraniano sabia falar inglês. As Forças Armadas da Ucrânia declararam que o Su-27 não tinha avarias.

Os eventos planejados para 18 e 19 de outubro no âmbito dos exercícios foram cancelados.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas