Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Rússia protegerá sua parte ocidental com sistemas Samarkand

O Ministério da Defesa russo posicionará sistemas de guerra eletrônica Samarkand em 13 unidades militares em posições estratégicas, inclusive na região europeia de Kaliningrado.


Sputnik

A entidade russa anunciou um concurso público para sua manutenção, montagem e aperfeiçoamento, indica a documentação publicada no site de licitação.


Resultado de imagem para Samarkand electronic warfare
Sistema de guerra eletrônica Samarkand | Reprodução

O valor inicial do contrato é de 61 milhões de rublos (R$ 3,4 milhões). Todos os sistemas devem ser adotados em serviço até 10 de novembro de 2019.

Segundo dados de fontes públicas, o novo armamento será colocado nas regiões de Murmansk, Kaliningrado, Nizhny Novgorod, Moscou, Krasnodar, Primorye, na região autônoma Judaica e na Bielorrússia.

Os sistemas Samarkand foram adotados em serviço da Frota do Norte em 2017. Além disso, eles são utilizados em todos os navios de superfície — cruzadores e contratorpedeiros. O seu objetivo principal é criação de interferências e supressão das comunicações do inimigo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas