Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono se diz pronto para admitir ter muitos 'criminosos' nas suas tropas

Depois que uma série de terríveis desastres de relações públicas que expôs soldados de elite dos EUA sendo presos por posse de drogas, abuso, estupro e assassinato, o Pentágono está reprimindo questões disciplinares em seu Comando de Operações Especiais, segundo um novo relatório.
Sputnik

Com "alegações de falta grave" acumulando-se altas demais para serem ignoradas após duas décadas de guerra, o general Raymond "Tony" Thomas, chefe do Comando de Operações Especiais, e Owen West, chefe de Operações Especiais e Conflito de Baixa Intensidade do Pentágono, esboçaram um ambicioso plano de 90 dias para descobrir como o corpo de elite militar se perdeu.


O primeiro de seu tipo, a avaliação profissional pretende "rever e reforçar os padrões éticos e de conduta", segundo documentos adquiridos pelo jornal The Washington Times.

"O primeiro passo em qualquer programa de tratamento é admitir que você tem um problema", disse uma autoridade do Comando de Operações…

Saab e Raytheon demonstrarão munição guiada para o Carl-Gustaf

A Saab, em colaboração com a Raytheon, recebeu um contrato do Exército dos EUA para demonstrar uma munição guiada para o sistema Carl-Gustaf, com três testes de disparos completos contra alvos representativos de ameaças.


Forças Terrestres

Em 2017, a Saab anunciou sua parceria com a Raytheon para desenvolver novas armas para as forças de infantaria. A nova munição responde a um requerimento do Comando de Operações Especiais dos EUA e foi projetada para aumentar a capacidade do sistema de armas Carl-Gustaf, construído pela Saab, comprovado pelo combate, lançado ao ombro e multi-funções. A nova munição é guiada, o que proporcionará maior precisão contra alvos em movimento.

Munição guiada para o Carl-Gustaf
Munição guiada para o Carl-Gustaf

“Colaborar com a Raytheon, utilizando sua excelência técnica e de produto em combinação com nossas soluções tecnológicas inovadoras, aprimorará os sistemas de armas Carl-Gustaf e AT4, líderes mundiais, com recursos adicionais que aumentarão ainda mais o benefício operacional para o usuário final”, diz Görgen Johansson, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios da Saab Dynamics.

“Emparelhado com o sistema de armas de Carl Gustaf, esta nova munição guiada dará às forças desmontadas dos EUA e da coalizão capacidades adicionais de combate às ameaças inimigas no campo de batalha”, diz Kim Ernzen, vice-presidente da Raytheon Land Warfare Systems. “A munição destina-se a permitir que forças terrestres atinjam vários alvos precisamente a distâncias de até 2.000 metros, incluindo alvos em movimento”.

A ogiva avançada da munição é projetada para penetrar blindagens leves, bunkers e estruturas de concreto enquanto diminui os danos colaterais. Com o aumento do alcance, a nova munição oferecerá maior proteção às forças terrestres, permitindo que disparem contra alvos dentro de estruturas ou edifícios.

Carl-Gustaf com militar pronto para o disparo

A Saab atende o mercado global com produtos, serviços e soluções líderes mundiais em defesa militar e segurança civil. A Saab tem operações e funcionários em todos os continentes do mundo. Através de um pensamento inovador, colaborativo e pragmático, a Saab desenvolve, adota e aprimora novas tecnologias para atender às necessidades de mudança dos clientes.

A Raytheon Company, com vendas de US$ 25 bilhões em 2017 e 64.000 funcionários, é líder em tecnologia e inovação especializada em soluções de defesa, governo civil e segurança cibernética. A Raytheon está sediada em Waltham, Massachusetts.

FONTE: Saab

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas