Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Turquia: Jornalista saudita foi 'estrangulado' e teve corpo 'desmembrado e destruído'

O procurador-geral de Istambul, Irfan Fidan afirmou hoje que o jornalista saudita Jamal Khashoggi foi estrangulado assim que entrou no consulado saudita em Istambul. Fidan disse ainda que o assassinato foi premeditado e que o corpo de Jamal foi desmembrado e posteriormente destruído.


Sputnik

O gabinete do procurador-geral de Istambul também avaliou que as discussões com o procurador-geral saudita, Saud al-Mojeb não produziram "resultados concretos" apesar dos "esforços bem-intencionados" da Turquia em descobrir a verdade sobre o assassinato.


Um oficial saudita abre a porta do consulado da Arábia Saudita em Istambul durante uma manifestação pelo jornalista desaparecido Jamal Khashoggi.
Consulado da Arábia Saudita em Istambul, Turquia © AFP 2018 / OZAN KOSE

A declaração é a primeira confirmação pública feita por um oficial turco de que Khashoggi foi estrangulado e desmembrado depois de entrar no Consulado da Arábia Saudita em 2 de outubro. Ele tentava obter a documentação necessária para se casar com sua noiva turca.

A Turquia tenta a extradição de 18 suspeitos sauditas presos na Arábia Saudita pela morte de Khashoggi, além de pressionar Riad por informações sobre o corpo do jornalista. Autoridades sauditas têm reafirmado o compromisso do Reino em julgar os 18 suspeitos após a conclusão da investigação.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas