Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

A-29 Super Tucano: Pentágono anuncia contrato de US$ 344 milhões para fornecer 12 aviões à Nigéria

A Sierra Nevada Corp., Centennial, Colorado, foi premiada com um contrato UCA (undefinitized contract action) de US$ 329.076.750 para 12 aeronaves A-29 para a Força Aérea da Nigéria.


Poder Aéreo

O montante total não-excedido do UCA é aprovado em US$ 344.727.439 para incluir um sistema FLIR para seis aeronaves. Esta peça é projetada para ser financiada logo após o contrato UCA.

A-29 Super Tucano
A-29 Super Tucano

Além das 12 aeronaves, este contrato prevê dispositivos de treinamento de solo, sistemas de missão, sistemas de debrief de missão, peças sobressalentes, equipamentos de apoio no solo, equipamentos de missões alternativas, apoio contíguo à contratação temporária dos EUA, apoio logístico no exterior do empreiteiro continental dos EUA (OCONUS) e cinco representantes de serviço de campo para suporte a OCONUS por três anos.

O trabalho será realizado em Jacksonville, Flórida, e deve ser concluído em maio de 2024. Os fundos de vendas militares estrangeiras (FMS – Foreign Military Sales) no valor de US$ 220.167.735 estão sendo obrigatórios no momento da concessão.

O Centro de Gerenciamento de Ciclo de Vida da Força Aérea, na Base da Força Aérea de Wright-Patterson, Ohio, é o supervisor de contratação.

FONTE: US Department of Defense

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas