Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Airbus e Dassault preparam proposta de novo caça

A Airbus e a Dassault Aviation da França apresentarão em breve uma proposta de um trabalho conceitual inicial sobre um caça de próxima geração a autoridades alemãs e francesas, segundo fontes familiarizadas com o assunto.


Poder Aéreo

BERLIM – As duas empresas concordaram em princípio, em abril, em trabalhar juntas em um ambicioso programa franco-alemão para projetar um novo avião de combate, mas estão ansiosas para obter financiamento antecipado para que possam começar a trabalhar em novas tecnologias necessárias para o projeto multibilionário. O objetivo é colocar a nova aeronave em operação em torno do ano 2040.

Future Combat Air Systems (FCAS)
Future Combat Air Systems (FCAS)

Alemanha e França assinaram um memorando de entendimento sobre o projeto em abril, mas o progresso tem sido afetado em meio a disputas entre os governos sobre as futuras exportações e entre a indústria sobre como dividir o trabalho em um sistema para integrar o novo jato com drones e outras armas.

Uma fonte familiarizada com o assunto disse que as duas empresas podem apresentar sua proposta até o final do ano ou no início do próximo ano, abrindo caminho para os primeiros contratos no ano que vem.

Um oficial militar francês disse na conferência International Fighter em Berlim nesta semana que os dois governos esperavam concluir um contrato inicial em janeiro.

FONTE: Reuters

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas