Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

Ataque da coalizão internacional mata 3 crianças em Deir ez-Zor

A agência estatal síria SANA informou sobre um novo ataque da coalizão internacional liderada pelos EUA na província de Deir ez-Zor e sobre uso de fósforo branco durante um ataque anterior.


Sputnik

"Três crianças morreram em um ataque da coalizão internacional ao povoado de Shaafa, no leste da província de Deir ez-Zor", comunicou a agência.


Caças norte-americanos F-15
F-15 Eagle da USAF © REUTERS / Força Aérea dos EUA

Além disso, a SANA relatou que a coalizão usou outra vez fósforo branco proibido ao atacar a cidade de Hajin na mesma província síria.

"A coalizão internacional usou munições com fósforo branco, proibido pelas convenções internacionais, durante um ataque […] em Hajin, no leste da província de Deir ez-Zor", diz a SANA.

O ataque a Hajin foi relatado pela agência em 3 de novembro, tendo resultado na morte de 15 civis, na maioria mulheres e crianças, e dezenas de feridos.

A coalizão, liderada pelos Estados Unidos, ataca regularmente a cidade de Hajin, com a SANA já tendo informado sobre uso de fósforo branco nos ataques de 13 e 29 de outubro.

Desde 2014, os EUA e seus aliados efetuam uma operação contra o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) no território sírio sem autorização de Damasco. As autoridades sírias pediram em várias ocasiões para que a ONU aplique medidas em relação às ações da coalizão. O Pentágono, por sua parte, afirma que as munições que usa na Síria correspondem às leis internacionais.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas