Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Caça furtivo chinês J-20 agora é capaz de reabastecimento em voo

O caça stealth mais avançado da China, o J-20, agora está pronto para operações de reabastecimento aéreo que ajudarão o jato a atingir alvos mais distantes, com a televisão chinesa exibindo a sonda de reabastecimento embarcada da aeronave na terça-feira.


Poder Aéreo

O J-20 está equipado com uma sonda de recepção de combustível no lado direito do cockpit, informou na terça-feira a China Central Television (CCTV).


Chengdu J-20 | Reprodução

Embarcada sob a fuselagem, a sonda só aparece quando o jato de combate conduz uma missão de reabastecimento aéreo. Quando o reabastecimento é concluído, a sonda é recolhida na fuselagem, de acordo com um vídeo divulgado pela CCTV na reportagem.

Um especialista militar, que pediu para não ser identificado, disse ao Global Times na quarta-feira que esconder a sonda sob a fuselagem é um projeto perfeito para manter a capacidade stealth da aeronave.

“Uma sonda fixa instalada fora da fuselagem, como a do caça J-10, aumentará significativamente a seção transversal de radar da aeronave, facilitando a localização pelo radar inimigo”, disse o especialista.

No domingo, o J-20 exibiu seus mísseis pela primeira vez no Airshow China 2018 em Zhuhai, província de Guangdong, sul da China. Os mísseis foram mantidos nos compartimentos internos da aeronave e só foram mostrados quando as portas foram abertas.


Caça furtivo chinês J-20
Caça J-20 mostrando seus mísseis

Este é um elemento de design semelhante para esconder o J-20 do radar inimigo, observou o especialista.

A reportagem da CCTV citou um oficial da Força Aérea do Exército de Libertação Popular (PLAAF, na sigla em inglês) dizendo que ser capaz de reabastecer no ar permite que o J-20 opere em um alcance mais amplo.

Reabastecer o combustível no ar permitirá que o J-20 voe muito mais longe e atinja alvos que de outra forma não conseguiria, disse o especialista, observando que o J-20 é uma arma de ataque, e a autonomia é um fator muito importante para cumprir seu papel.

Os aviões-tanque de reabastecimento aéreo da PLAAF, como o HU-6, podem fornecer combustível extra de aviação para aviões militares no ar.

Apesar do J-20 exibir sua sonda de reabastecimento, mísseis, nova camuflagem, nova formação e capacidade de manobra no Airshow China 2018 na semana passada, seu projetista chefe, Yang Wei, disse que o mundo não viu o melhor dos caças de quinta geração ainda.

“Primeiro, o J-20 tem excelente capacidade stealth; segundo, tem excelente capacidade de ataque de longo alcance; terceiro, tem capacidade excepcional de guerra de informações”, disse Yang à CCTV.

“No entanto, essas vantagens-chave não puderam ser mostradas no show aéreo”, disse ele.

Especialistas militares chineses acreditam que o J-20 agora pode rivalizar com os principais caças dos EUA, o F-22 e o F-35, depois de testemunhar seu desempenho no show aéreo, que também é considerado uma demonstração de confiança da PLAAF em relação ao exterior.

FONTE: Global Times

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas