Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Coreias levantam bandeiras amarelas em postos de guarda ao longo da fronteira fortificada

As Coreias do Norte e Sul levantaram bandeiras amarelas em 22 postos de guarda perto da fortemente fortificada fronteira entre os dois países. O passo é visto como o primeiro na tentativa de desmantelar a militarização entre os dois lados, informou a imprensa local neste domingo, citando funcionários do Ministério da Defesa sul-coreano.


Sputnik

As bandeiras foram hasteadas para mostrar que os postos de guarda devem ser desmontados seguindo um acordo alcançado na terceira cúpula intercoreana em setembro, segundo a agência de notícias Yonhap.


Soldados sul-coreanos montam guarda em um posto de controle na Ponte da Grande Unificação, que leva à aldeia de trégua Panmunjom, ao sul da zona desmilitarizada que separa as duas Coreias.
Militares da Coreia do Sul na fronteira com a Coreia do Norte © REUTERS / Kim Hong-Ji

"O objetivo é permitir que cada lado observe o progresso no trabalho de desmantelamento para que possa ser realizado de forma transparente", disse um funcionário do Ministério da Defesa, segundo a agência.

Em setembro, Seul e Pyongyang assinaram um pacto militar que pedia a remoção gradual de postos de guarda "a título experimental" da Zona Desmilitarizada (DMZ) que separa as duas Coreias.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas