Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Duelo naval: submarinos russos aperfeiçoam camuflagem e destroem 'inimigo' com torpedos

Os submarinos a diesel da Frota do Pacífico russa, atualmente em manobras, simularam um combate no golfo de Pedro, o Grande, o maior golfo do mar do Japão, adjacente à costa russa da região de Primorie.


Sputnik

As informações sobre o treinamento foram divulgadas pelo chefe do Departamento de Informação da Frota do Pacífico, Nikolai Voskresensky.


Um submarino da Frota do Pacífico da Marinha russa
Submarino russo da Frota do Pacífico © Sputnik / Vitaly Ankov

"Nos polígonos de preparação militar […] um dos submarinos entrou em uma área determinada de modo furtivo, detectou um submarino 'inimigo' e, em seguida, ocupando uma posição vantajosa, simulou um ataque com torpedos. O outro submarino efetuou uma manobra de desvio para tomar a posição ofensiva", comunicou.

Ao mesmo tempo, as tripulações treinaram como se livrar da perseguição por parte de um "navio adversário", e também praticaram criação de interferências e alvos falsos.

Destaca-se que o apoio às manobras navais foi realizado pelo navio de resgate Igor Belousov.

A Frota do Pacífico faz parte da Marinha da Rússia e controla as áreas do oceano Pacífico. A sua base principal localiza-se em Vladivostok.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas