Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

EUA oferecem US$ 5 milhões pela 'cabeça' de líderes do Hamas e Hezbollah

Os Estados Unidos estão oferecendo recompensas de até US$ 5 milhões por informações sobre um líder da organização palestina Hamas e 2 líderes do Hezbollah, grupo baseado no Líbano, informou o Departamento de Estado em um comunicado à imprensa.


Sputnik

"O Programa Recompensas para Justiça do Departamento de Estado dos EUA está oferecendo recompensas de até US$ 5 milhões cada por informações que levem à identificação ou localização do líder do Hamas, Salih al-Aruri, e dos líderes libaneses do Hezbollah, Khalil Yusif Mahmoud Harb e Haytham 'Ali Tabataba'I", divulgou o comunicado foi divulgado na terça-feira.


Militantes do Hamas em Gaza
Militantes do Hamas © AP Photo / Khalil Hamra

Salih al-Aruri é um deputado do gabinete político do Hamas e um dos fundadores das Brigadas Izzedine al-Qassam, a ala militar do Hamas, informou o comunicado.

Khalil Yusif Mahmoud Harb é assessor próximo do líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, e serviu como principal contato militar do grupo com o Irã e com organizações militantes palestinas, acrescentou o comunicado.

Haytham 'Ali Tabataba'I é um dos principais líderes militares do Hezbollah que comandou as forças especiais do Hezbollah na Síria e no Iêmen, disse o comunicado.

Os Estados Unidos consideram as organizações terroristas do Hezbollah e do Hamas, enquanto outros países, incluindo Rússia e China, consideram os 2 grupos como partidos políticos legítimos.

Desde a sua criação em 1984, o programa Recompensas por Justiça pagou mais de US$ 145 milhões a mais de 90 pessoas que forneceram informações acionáveis que ajudaram a levar terroristas à justiça ou impediram atos de terrorismo internacional em todo o mundo, segundo o comunicado.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas