Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Explosão em Cabul deixa ao menos 40 mortos e 60 feridos

Pelo menos 40 pessoas morreram e outras 60 ficaram feridas em uma explosão perto de um salão de festas na cidade de Cabul, onde acontecia uma reunião de acadêmicos islâmicos para celebrar o aniversário do profeta Maomé, informaram nesta terça-feira fontes oficiais do governo do Afeganistão.


EFE

Cabul - A explosão aconteceu por volta das 18h local (11h30, em Brasília), em um salão de festas no norte de Cabul, quando centenas de pessoas, entre elas vários acadêmicos islâmicos ou ulemás, lembravam o aniversário do nascimento do profeta Maomé, explicou à Agência Efe o porta-voz da polícia da capital, Basir Mujahid.


EFE/ Jawad Jalali
EFE/ Jawad Jalali

Segundo este porta-voz, o atentado foi realizado por um insurgente, que detonou os explosivos dentro do salão de festa onde acontecia a celebração, que carecia de controle policial.

"Segundo os números iniciais, 40 pessoas morreram e outras 60 ficaram feridas", revelou Mujahid.

O porta-voz do Ministério da Saúde Pública, Wahidullah Majroh, também confirmou à Agência Efe que até agora evacuaram "40 mortos e mais de 60 feridos desde o local da explosão".

Hoje é feriado no Afeganistão e restaurantes e outros centros de diversão estão cheios para comemorar o nascimento de Maomé.

Nenhum grupo insurgente reivindicou a autoria do ataque.

Neste ano, Cabul foi palco de múltiplos atentados, o último deles de envergadura na semana passada perto de uma concentração de centenas de membros da minoria xiita hazara, que deixou pelo menos três mortos e oito feridos.

O atentado mais grave foi o registrado em janeiro, quando os talibãs explodiram uma ambulância perto do antigo Ministério de Interior, onde ainda operam algumas dependências oficiais, ataque que deixou mais de uma centena de mortos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas