Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Forças Armadas sírias destroem munições deixadas pelos terroristas perto de Damasco

As Forças Armadas sírias destruíram um conjunto de munições descoberto próximo de Damasco após a libertação do território de militantes, afirmou o comandante da 166°unidade de sapadores, Ali Suleyman.


Sputnik

Anteriormente o exército sírio havia encontrado no sul do país um grande armazém com armamentos dos terroristas. Os radicais, que operavam nas províncias de Daraa e Al-Qaryatayn, os tinham deixado quando abandonaram a área.


Resultado de imagem para Forças Armadas sírias destroem munições deixadas pelos terroristas perto de Damasco
Armas de terroristas encontradas pelo Exército da Síria | Reprodução

"O território está cheio de minas improvisadas, colocadas pelos terroristas contra as tropas sírias. A maioria desses artefatos explosivos improvisados foi descoberta por soldados sírios nas estadas depois que o território foi libertado de militantes", disse Suleyman aos repórteres.

Todos os engenhos explosivos encontrados nos subúrbios de Damasco estão sendo levados para um lugar de desativação perto da cidade.

Alguns deles são usados para destruir os edifícios danificados pela guerra que não podem ser restaurados, disse ele.

O conflito na Síria parece estar chegando ao fim; Damasco recuperou o controle sobre vastos territórios que antes eram controlados por grupos terroristas e rebeldes, tendo se iniciado o processo de reconstrução e de regresso dos refugiados.

O primeiro posto de controle foi aberto em 25 de agosto de 2018, permitindo que os sírios descolados internamente voltem para suas casas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas