Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Forças Armadas sírias destroem munições deixadas pelos terroristas perto de Damasco

As Forças Armadas sírias destruíram um conjunto de munições descoberto próximo de Damasco após a libertação do território de militantes, afirmou o comandante da 166°unidade de sapadores, Ali Suleyman.


Sputnik

Anteriormente o exército sírio havia encontrado no sul do país um grande armazém com armamentos dos terroristas. Os radicais, que operavam nas províncias de Daraa e Al-Qaryatayn, os tinham deixado quando abandonaram a área.


Resultado de imagem para Forças Armadas sírias destroem munições deixadas pelos terroristas perto de Damasco
Armas de terroristas encontradas pelo Exército da Síria | Reprodução

"O território está cheio de minas improvisadas, colocadas pelos terroristas contra as tropas sírias. A maioria desses artefatos explosivos improvisados foi descoberta por soldados sírios nas estadas depois que o território foi libertado de militantes", disse Suleyman aos repórteres.

Todos os engenhos explosivos encontrados nos subúrbios de Damasco estão sendo levados para um lugar de desativação perto da cidade.

Alguns deles são usados para destruir os edifícios danificados pela guerra que não podem ser restaurados, disse ele.

O conflito na Síria parece estar chegando ao fim; Damasco recuperou o controle sobre vastos territórios que antes eram controlados por grupos terroristas e rebeldes, tendo se iniciado o processo de reconstrução e de regresso dos refugiados.

O primeiro posto de controle foi aberto em 25 de agosto de 2018, permitindo que os sírios descolados internamente voltem para suas casas.

Comentários

Postagens mais visitadas