Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Israel fala sobre contatos com militares russos após incidente com avião Il-20 na Síria

Os militares russos e israelenses continuam mantendo contato mesmo após o incidente com o avião russo Il-20, derrubado na Síria em 17 de setembro.


Sputnik

O diretor-geral adjunto do Departamento da Eurásia da Chancelaria de Israel, Alexander Ben-Zvi, afirmou o seguinte:

"Os contatos entre os militares de Israel e da Federação da Rússia continuam; nosso mecanismo de prevenção de conflitos segue funcionando".


Militares israelenses na Síria
Militares israelenses na Síria © REUTERS / Baz Ratner

"Após o incidente com o avião [russo Il-20] continuamos trabalhando com a Rússia. Não se pode dizer que devemos ignorá-lo. Mas nossas relações são muito mais desenvolvidas para que isso [o incidente] ponha fim a nossas reuniões", adicionou.

Em 17 de setembro, um míssil S-200 do sistema de defesa antiaérea sírio abateu um avião russo Il-20 que estava regressando para a base de Hmeymim. Ao mesmo tempo, quatro caças israelenses F-16 atacaram instalações sírias em Latakia.

Segundo o Ministério da Defesa russo, os pilotos israelenses usaram o avião russo como cobertura, deixando-o sujeito a fogo do sistema antiaéreo sírio. Do incidente resultou a morte de 15 militares russos.

A Defesa russa disse que a parte israelense não a tinha avisado sobre a operação planejada na Síria e que a responsabilidade pela derrubada do avião é totalmente de Tel Aviv.

Israel refutou as acusações de seus aviões usando o avião russo como escudo e sustenta que Moscou foi avisada sobre o ataque aéreo em tempo hábil.

O presidente da Rússia Vladimir Putin, por sua vez, qualificou o ocorrido como "uma sequência de circunstâncias trágicas".

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas