Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Israel realiza ataques em Gaza em resposta a mísseis lançados por militantes palestinos (VIDEO)

A Força Aérea de Israel atacou a Faixa de Gaza nesta segunda-feira (12) em resposta a disparos maciços de mísseis por parte de militantes palestinos. A informação foi divulgada pelo serviço de imprensa do Exército de Israel.


Sputnik

Foram relatados disparos de mísseis da Faixa de Gaza que teriam atingido um ônibus na região de Kfar Aza, ferindo pelo menos 7 pessoas. Posteriormente, fontes palestinas relataram um ataque da artilharia israelense perto de uma posição do Hamas na parte norte da Faixa de Gaza. 


Palestinos fugindo para se protegerem, enquanto a fumaça sobe após um ataque aéreo de Israel a um posto do Hamas, Faixa de Gaza (foto de arquivo)
Palestinos fogem de bombardeio israelense © AFP 2018 / MOHAMMED ABED

O porta-voz do Ministério da Saúde local informou que dois palestinos foram mortos após os ataques aéreos israelenses.

"Dois civis foram mortos, três ficaram feridos em conseqüência de um ataque israelense na parte norte da Faixa de Gaza", disse o porta-voz.

​​Após o incidente, Israel ativou seu sistema de defesa aérea Iron Dome. As Forças de Defesa de Israel declararam que sirenes de alerta foram acionadas na parte sul do país.

De acordo com as Forças de Defesa de Israel, cerca de 200 mísseis foram disparados da Faixa de Gaza, sendo que 60 fora interceptados pelo sistema de defesa israelense.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia publicou uma nota manifestando preocupação com os recentes ataques e pediu que as partes respeitem o cessar-fogo na região. De acordo com Moscou, a escalada da tensão no Oriente Médio pode levar a um aumento em larga escala da confrontação na Faixa de Gaza.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas