Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Moderna corveta da Marinha da Rússia treina tiro no mar do Japão

A Frota do Pacífico contará com a segunda corveta do projeto 20380, a primeira embarcação do projeto teria sido recebida em julho de 2017.


Sputnik

A moderna corveta Gromky da Marinha russa foi construída nos estaleiros de Amur, às margens do rio Amur, região fronteiriça entre Rússia e China, realizando pela primeira vez tiros com artilharia durante exercícios de marcha no mar do Japão.


Resultado de imagem para gromky project 20380
Corveta Gromky | Reprodução


Segundo o porta-voz do Distrito Militar Oriental, Nikolai Voskresensky, os exercícios realizados no mar do Japão visava analisar a capacidade de resistência dos armamentos do navio através da realização de tiros de artilharia, além disso, diversos regimentos da artilharia universal A-190 foram testados, inclusive as instalações automáticas de artilharia de seis canhões Ak-360.

A moderna corveta tem 104 metros de comprimento, 13 metros de largura e 2.200 toneladas de deslocamento, além de alcançar uma velocidade máxima de 27 nós. Vale destacar que a corveta possui mísseis antinavio Uran, mísseis antiaéreos Redut e torpedos Paket-NK.

Anteriormente, a corveta Gromky treinou navegação no mar do Japão para verificar confiabilidade dos sistemas e equipamentos.

Os testes de disparo foram acompanhados por navios auxiliares da Frota do Pacífico, além de aviões e helicópteros da aviação naval da Frota do Pacífico.

As corvetas do projeto 20380 possuem um considerável arsenal de armamentos de ataque, defesa antiaérea e luta antissubmarino.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas