Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Moderna corveta da Marinha da Rússia treina tiro no mar do Japão

A Frota do Pacífico contará com a segunda corveta do projeto 20380, a primeira embarcação do projeto teria sido recebida em julho de 2017.


Sputnik

A moderna corveta Gromky da Marinha russa foi construída nos estaleiros de Amur, às margens do rio Amur, região fronteiriça entre Rússia e China, realizando pela primeira vez tiros com artilharia durante exercícios de marcha no mar do Japão.


Resultado de imagem para gromky project 20380
Corveta Gromky | Reprodução


Segundo o porta-voz do Distrito Militar Oriental, Nikolai Voskresensky, os exercícios realizados no mar do Japão visava analisar a capacidade de resistência dos armamentos do navio através da realização de tiros de artilharia, além disso, diversos regimentos da artilharia universal A-190 foram testados, inclusive as instalações automáticas de artilharia de seis canhões Ak-360.

A moderna corveta tem 104 metros de comprimento, 13 metros de largura e 2.200 toneladas de deslocamento, além de alcançar uma velocidade máxima de 27 nós. Vale destacar que a corveta possui mísseis antinavio Uran, mísseis antiaéreos Redut e torpedos Paket-NK.

Anteriormente, a corveta Gromky treinou navegação no mar do Japão para verificar confiabilidade dos sistemas e equipamentos.

Os testes de disparo foram acompanhados por navios auxiliares da Frota do Pacífico, além de aviões e helicópteros da aviação naval da Frota do Pacífico.

As corvetas do projeto 20380 possuem um considerável arsenal de armamentos de ataque, defesa antiaérea e luta antissubmarino.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas