Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Merkel: Esforços pelo desarmamento devem incluir EUA, Rússia, UE e China

A declaração da chanceler alemã ocorre em meio a um impasse entre Moscou e Washington, depois que os EUA anunciaram a suspensão do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF).
Sputnik

"O desarmamento é algo que preocupa a todos nós e é claro que ficaríamos felizes se essas conversas fossem realizadas não apenas entre os Estados Unidos, Europa e Rússia, mas também com a China", afirmou Angela Merkel na Conferência de Segurança de Munique, no sábado.


Comentando o assunto, o Ministro da Economia e Energia da Alemanha, Peter Altmaier, observou que o término do acordo poderia levar a uma nova corrida armamentista.

No início de fevereiro, Washington disse que estava suspendendo as obrigações previstas sob o Tratado INF. A Rússia respondeu da mesma maneira. Os EUA disseram que sairiam do tratado em seis meses, a menos que a Rússia voltasse a cumprir o acordo, mas Moscou refuta as alegações de violação do.

Washington também se mostrou favorável a um novo texto envolvendo t…

Número de feridos no ataque químico em Aleppo sobe para 107 (VÍDEO)

De acordo com a mídia estatal síria, já são 107 os civis que ficaram feridos na sequência de um ataque terrorista com uso de cloro na cidade síria de Aleppo.


Sputnik

Segundo comunica a agência SANA, entre os feridos estão mulheres e crianças. Em geral, sua condição é estimada como de gravidade ligeira e média, mas alguns pacientes precisaram ser internados em seções de terapia intensiva.


Vítima de um ataque químico em Aleppo, realizado em 24 de novembro de 2018
Vítima de ataque químico em Aleppo, Síria © AP Photo / SANA

Os agrupamentos terroristas da zona de desescalada em Idlib atacaram os bairros noroeste de Aleppo, disparando munições de morteiro de 120 mm alegadamente carregadas com cloro.

Os especialistas em armas químicas russos se deslocaram imediatamente aos bairros atacados e, com a ajuda de equipamentos especiais, já estão acompanhando as pessoas hospitalizadas e monitorizando a situação.

Recentemente, o representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, relembrou que a parte russa havia chamado atenção do público internacional para as tentativas dos Capacetes Brancos de organizarem provocações com substâncias tóxicas na zona desmilitarizada de Idlib, para depois alegadamente culparem o governo sírio pelos ataques.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas