Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Operação militar e posterior protesto deixam 8 mortos na Caxemira indiana

Pelo menos seis insurgentes, um soldado e um civil morreram em uma operação das forças de segurança na Caxemira indiana e os protestos que seguiram à mesma, no segundo confronto de grandes proporções nas últimas 48 horas, elevando para 12 o número de rebeldes abatidos nesse período.


EFE

Srinagar (Índia) - A operação começou ontem à noite em uma aldeia do distrito de Shopian e derivou de madrugada em confrontos entre as tropas indianas e os insurgentes, o que provocou manifestações nas quais vários civis ficaram feridos.


Militar indiano em foto de 22 de novembro. EFE/ Farooq Khan
Militar indiano em foto de 22 de novembro. EFE/ Farooq Khan

"Seis insurgentes morreram na operação 'Batagund', enquanto um soldado também perdeu a vida", disse hoje à Agência Efe o porta-voz do Exército na Caxemira, coronel Rajesh Kalia.

Um grupo de manifestantes saiu às ruas da aldeia pouco depois de se saber a notícia da operação na região e jogaram pedras contra as forças de segurança para tentar sabotar a ofensiva, mas as tropas responderam a tiros e com balas de chumbo para dispersar à multidão.

Um jovem manifestante, identificado como Noman, foi ferido à bala e morreu por causa dos ferimentos, informou à Efe uma fonte médica que pediu o anonimato.

Um médico de Shopian que também preferiu o anonimato confirmou à Efe que no hospital que trabalha chegaram pelo menos quatro feridos, um dos quais, um jovem identificado como Faizan, foi levado para Srinagar devido à gravidade de seus ferimentos.

As autoridades suspenderam os serviços de internet no distrito e impuseram restrições em várias áreas para tentar evitar mais protestos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas