Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

Pelo menos 2 militares sírios morrem em bombardeios de militantes em Latakia

Sete casos de bombardeios foram registrados nesta sexta-feira na província de Latakia e na cidade síria de Aleppo.


Sputnik

Pelo menos dois militares sírios foram mortos e outros 13 ficaram feridos após um bombardeio de militantes na zona de segurança de Idlib. A informação foi divulgada pelo chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria.


Três explosões perto da estação de ônibus na cidade de Latakia, Síria (foto de arquivo)
Explosões na estação de ônibus em Latakia, Síria © Foto: Twitter/ Aldin Abazović

De acordo com o tenente-general Vladimir Savchenko, sete casos de bombardeios foram registrados no norte da província de Latakia e na cidade de Aleppo.

"Dois soldados do exército sírio foram mortos e outros 13 ficaram feridos. Não houve vítimas entre civis", disse Savchenko em uma entrevista coletiva diária.

No leste da província de Latakia, os terroristas da organização Frente al-Nusra (proibida na Rússia e em vários outros países) continuam lançando foguetes e bombas contra os povoados e instalações do Exército sírio. Por sua vez, os soldados sírios retaliam ao longo de toda a fronteira com a província vizinha de Idlib.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas