Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Pelo menos 2 militares sírios morrem em bombardeios de militantes em Latakia

Sete casos de bombardeios foram registrados nesta sexta-feira na província de Latakia e na cidade síria de Aleppo.


Sputnik

Pelo menos dois militares sírios foram mortos e outros 13 ficaram feridos após um bombardeio de militantes na zona de segurança de Idlib. A informação foi divulgada pelo chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria.


Três explosões perto da estação de ônibus na cidade de Latakia, Síria (foto de arquivo)
Explosões na estação de ônibus em Latakia, Síria © Foto: Twitter/ Aldin Abazović

De acordo com o tenente-general Vladimir Savchenko, sete casos de bombardeios foram registrados no norte da província de Latakia e na cidade de Aleppo.

"Dois soldados do exército sírio foram mortos e outros 13 ficaram feridos. Não houve vítimas entre civis", disse Savchenko em uma entrevista coletiva diária.

No leste da província de Latakia, os terroristas da organização Frente al-Nusra (proibida na Rússia e em vários outros países) continuam lançando foguetes e bombas contra os povoados e instalações do Exército sírio. Por sua vez, os soldados sírios retaliam ao longo de toda a fronteira com a província vizinha de Idlib.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas