Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Pentágono: empresa receberá US$ 263 milhões para construir drones Reaper MQ-9

A fabricante norte-americana de drones, General Atomics, receberá mais de US$ 263 milhões para construir veículo aéreos não tripulados MQ-9 Reapers para a Força Aérea dos Estados Unidos, segundo divulgou o Departamento de Defesa dos EUA através de um comunicado à imprensa.


Sputnik

"A General Atomics — Sistemas Aeronáuticos, de Poway, Califórnia, recebeu US$ 263.403.355 por um contrato empresarial para a produção do MQ-9 Reaper", afirma o comunicado.


Militares norte-americanos preparam um drone MQ-9 Reaper para exercícios de voo
Drone norte-americano MQ-9 Reaper | CC BY 2.0 / Força Aérea dos EUA

O serviço estipulado pelo contrato será realizado na Califórnia e a expectativa é que seja concluído até 2021, acrescenta o comunicado.

A General Atomics espera que o modelo MQ-9B, que tem uma envergadura maior que a de seu predecessor, esteja pronto até 2025, conforme apontou o site Defense One em um texto publicado nesta semana.

O comunicado de imprensa não especifica quantos drones serão fabricados pela empresa.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas