Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Rara versão de veículo lançador de foguetes soviético foi flagrada no Iêmen

O veículo foi flagrado durante um confronto entre o grupo Houthi e seus oponentes na província iemenita de Saada.


Sputnik

O BM-21 Grad é um veículo lançador múltiplo de foguetes que entrou em serviço do exército soviético em 28 de março de 1963.


BM-21 Grad no Iêmen | Reprodução

Na segunda década do século XXI as forças desse Estado da península Arábica contavam com poucas unidades de veículos BM-21, que foram construídos sobre o chassi do Ural-375.

O Ural-375 é um caminhão multipropósito de tração 6x6, tornando-se posteriormente na plataforma ideal para a construção do veículo lançador de foguetes.

O BM-21 Grad se tornou um dos mais fabricados na história, tendo sido fabricadas 8 mil unidades, além das réplicas estrangeiras, segundo o portal militar russo Russkoe Oruzhie.

Testes provaram que uma descarga de 20 segundos do Grad seria capaz de eliminar uma força de infantaria do inimigo em uma área de 2,44 hectares. Além disso, o sistema usa uma munição reativa M-21OF de 122 mm com dupla estabilização. O veículo também seria capaz de se deslocar por rodovia à velocidade de 75 km/h.

Infelizmente, o veículo tinha um problema, que era o consumo do motor, chegando a consumir até 100 litros de gasolina de elevada octanagem em apenas 100 quilômetros. Entretanto, o veículo foi utilizado por mais de 50 países, por ser um veículo simples, eficiente, seguro e com um custo relativamente baixo.

O veículo foi substituído em 1998 pelo lançador múltiplo de foguetes Tornado-G, que possui uma maior capacidade de combate.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas