Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Regressam à Síria dezenas de refugiados no Líbano

Dezenas de refugiados iniciaram hoje seu regresso à Síria, na talvez última onda de retorno organizado pela Segurança Geral do Líbano.


Prensa Latina

Beirute - A operação concentra-se em pontos de reunião em Akkar, Arsal, Burj Hammoud e Masnaa para depois passar pelos cruzamentos fronteiriços de Abboudieh, Al-Zamarani e Masnaa.

Reprodução

Um despacho da Agência Nacional de Notícias dá conta que nesses pontos há representantes da ONU que supervisionam as manobras.

Oficiais da Segurança Geral libanesa ou Imigração agem a cargo de viabilizar as solicitações dos refugiados dispostos a regressar por vontade própria e de organizar o transporte, bem como o único organismo libanês em contato oficial com as autoridades sírias.

Em setembro passado, o chefe da Segurança Geral, major-general Abbas Ibrahim, afirmou que no decorrer do ano cerca de 50 mil sírios retornaram ao seu país e prognosticou que o número poderá ascender a 200 mil dentro de um ano. Essas cifras, no entanto, são consideradas muito altas de acordo com estimativas da Agência da ONU para os Refugiados.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas