Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Regressam à Síria dezenas de refugiados no Líbano

Dezenas de refugiados iniciaram hoje seu regresso à Síria, na talvez última onda de retorno organizado pela Segurança Geral do Líbano.


Prensa Latina

Beirute - A operação concentra-se em pontos de reunião em Akkar, Arsal, Burj Hammoud e Masnaa para depois passar pelos cruzamentos fronteiriços de Abboudieh, Al-Zamarani e Masnaa.

Reprodução

Um despacho da Agência Nacional de Notícias dá conta que nesses pontos há representantes da ONU que supervisionam as manobras.

Oficiais da Segurança Geral libanesa ou Imigração agem a cargo de viabilizar as solicitações dos refugiados dispostos a regressar por vontade própria e de organizar o transporte, bem como o único organismo libanês em contato oficial com as autoridades sírias.

Em setembro passado, o chefe da Segurança Geral, major-general Abbas Ibrahim, afirmou que no decorrer do ano cerca de 50 mil sírios retornaram ao seu país e prognosticou que o número poderá ascender a 200 mil dentro de um ano. Essas cifras, no entanto, são consideradas muito altas de acordo com estimativas da Agência da ONU para os Refugiados.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas