Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Saiba as principais diferenças entre o novo blindado chinês e seu análogo russo

Durante o evento Airshow China que decorreu na cidade de Zhuhai, no sul do país, o gigante asiático demonstrou novo blindado, porém não foram revelados todos os segredos do veículo.


Sputnik

Segundo fontes chinesas, o veículo recebeu um canhão de 100 mm baseado no 2A70 russo. Além disso, o blindado será destinado às tropas aerotransportadas chinesas e o mesmo deverá ser transportado pelo avião cargueiro Y-20, que é capaz de levar 66 toneladas. 


Veículo de combate BMD-4M
Blindado russo BMD-4M | Nikolay Danushki

Mesmo com poucos segredos sendo revelados, é possível notar algumas especificações do blindado, como, por exemplo, a capacidade de transportar seis tripulantes, que na sua versão anterior, ZBD-03, correspondia a cinco, segundo o portal militar russo Russkoe Oruzhie.

Outra característica é que no ZBD-03 o comandante se situava no corpo do veículo, já no novo modelo, o comandante estará situado na torre onde está instalado um canhão de 100 mm, armas automáticas de 30 mm e uma metralhadora de 7,62 mm.

Entretanto, o novo veículo possui uma grande falha, que é a falta do moderno sistema de visão panorâmica, já o seu análogo russo BMD-4M conta com uma blindagem mais leve e resistente, além de poder de fogo superior aos demais e seus armamentos melhorados, contando com uma torre Bakhcha-U, onde pode ser instalado um canhão de 100 mm 2A70. Além disso, diferencia-se pelo posicionamento dos tripulantes no interior do veículo.

Entre falhas e acertos, o novo veículo de combate dos paraquedistas chineses é uma agradável surpresa, demonstrando que a China está no caminho certo para o avanço da tecnologia militar, fazendo com que sua indústria militar celebre as recentes conquistas.
 

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas