Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Soldado americano da coalizão internacional morre no Afeganistão

Um soldado americano da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos que luta contra o jihadismo na operação "Resolute Support" morreu neste sábado por causas ainda não esclarecidas, segundo fontes do Departamento de Defesa.


EFE

Washington - Os detalhes sobre a identidade do militar e as circunstâncias de sua morte serão divulgados após os familiares serem notificados, afirmou uma porta-voz da coalizão, a sargento de primeira classe Debra Richardson, em comunicado.

EFE/ Jakub Kaczmarczyk
EFE/ Jakub Kaczmarczyk

O Exército dos EUA lidera no Afeganistão uma coalizão internacional formada por mais de 60 países para combater o terrorismo islâmico, principal alvo da operação "Resolute Support" ("Apoio Decidido"), que conta com a aprovação de uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas