Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Teerã: 'são EUA, e não Irã, que estão isolados'

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohamad Yavad Zarif, indicou, falando sobre as sanções norte-americanas que entraram em vigor hoje, qual dos dois países irá ficar isolado nesta situação.


Sputnik

Ao comentar a última rodada de sanções que os EUA restabeleceram após a retirada do acordo nuclear com o Irã, Zarif também escreveu na sua conta no Twitter que a comunidade internacional não permitirá que "Trump e companhia" destruam a ordem mundial.


Chanceler do Irã Mohammad Javad Zarif
Ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohamad Yavad Zarif © AP Photo / Petr David Josek

"Hoje [5 de novembro] os EUA desafiaram a Corte Internacional de Justiça e o Conselho de Segurança da ONU ao reimpor as sanções contra o Irã que afetam as pessoas comuns. Mas o assédio dos EUA é contraproducente […] não porque o JCPOA [acordo nuclear] é importante, mas porque o mundo não pode permitir que Trump e companhia destruam a ordem mundial, são os Estados Unidos, e não o Irã, que estão isolados ", declarou.

Nesta segunda-feira (5), Washington reintroduziu as sanções contra o Irã que existiam antes da assinatura do Plano de Ação Conjunto Global.

Em maio, o presidente norte-americano Donald Trump anunciou que o país abandonaria o acordo nuclear iraniano e reintroduziria todas as sanções contra Teerã, bem como contra os países que têm negócios com Teerã. O primeiro pacote de restrições entrou em vigor em 7 de agosto.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas