Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Ucrânia põe suas Forças Armadas em alerta de combate

As Forças Armadas e o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU, na sigla em ucraniano) foram colocados em alerta de combate, segundo comunicou a assessoria do Ministério da Defesa do país.


Sputnik

De acordo com o comunicado recentemente divulgado, essa ordem baseia-se na decisão do Conselho Nacional de Segurança e Defesa da Ucrânia de impor a Lei Marcial no país por 60 dias.


Exército da Ucrânia
Exército da Ucrânia © AP Photo / Efrem Lukatsky

"Foram fortalecidas as contramedidas de reconhecimento a fim de prevenir outras provocações no território da Ucrânia por parte dos serviços secretos da Rússia e a desestabilização da situação interna no país", declarou a entidade militar.

Mais cedo, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) informou que os navios Berdyansk, Nikopol e Yana Kapu, da Marinha da Ucrânia, foram detidos por violarem a fronteira marítima russa.

Os navios ucranianos que foram apreendidos não teriam respondido às exigências feitas pelos navios russos que os abordaram, além de terem realizado manobras perigosas, segundo o FSB. Também foi aberto um processo criminal para investigar a violação da fronteira nacional da Rússia.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas