Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

ASTROS 2020: Exército Brasileiro assina contrato para terceiro lote de viaturas

No dia 28 de novembro, no Comando Militar do Planalto, o Exército Brasileiro, por intermédio do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF), assinou, com a Empresa Estratégica de Defesa AVIBRAS, um contrato para a aquisição do terceiro lote com 13 viaturas do Sistema ASTROS, no modelo MK-6, para equipar o 16º Grupo de Mísseis e Foguetes, no escopo do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) ASTROS 2020.


Forças Terrestres

Brasília (DF) – O Programa tem como um de seus objetivos mais significativos, contribuir com o objetivo estratégico do Exército de dissuasão extrarregional, em consonância com a Estratégia Nacional de Defesa, aprovada em 2008.


Astros 2020
Sistema Astros

Esse contrato caracteriza mais uma etapa que irá proporcionar uma nova capacidade de apoio de fogo à Força Terrestre, batendo alvos com maior precisão e à longa distância.

De acordo com o General de Exército Marcos Antonio Amaro dos Santos, Secretário de Economia e Finanças, o Prg EE ASTROS 2020 tem grande importância para o Exército pelo seu poder dissuasório e também pelo sistema que empresta à Força. “O desenvolvimento de mísseis, de até 300 km de alcance, coloca o Exército Brasileiro num patamar diferenciado em termos de capacidade dissuasória”, salientou.

O Programa tem em seu escopo o desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro, o desenvolvimento do Foguete Guiado, a modernização das viaturas do 6º GMF e a implantação do Forte Santa Bárbara, em Formosa (GO).

O Chefe do Escritório do Exército, General de Brigada Ivan Ferreira Neiva Filho, afirmou que a assinatura do contrato é importante para o Exército porque desenvolve uma capacidade que a Força Terrestre precisa. Além disso, também é relevante para a indústria de defesa, que conseguiu mostrar sua capacidade de colaborar com a defesa do Brasil.

A AVIBRAS Aeroespacial, empresa estratégica de defesa, genuinamente nacional, sediada em São José dos Campos (SP), constitui-se na principal integradora do Prg EE ASTROS 2020.

Para o Vice-Presidente da empresa, Leandro Villar, o programa fez com que a AVIBRÁS introduzisse em sua produção desenvolvimento de produtos novos, uma nova linha de fabricação do Sistema ASTROS. “A AVIBRAS depois desse programa é uma nova AVIBRÁS, principalmente pelas possibilidades de exportação desse material para mundo a fora, que tem sido muito bem aceito e tudo isso só foi possível graças à introdução desse programa lá atrás”, disse Villar.

Esse contrato representa a aquisição das seguintes viaturas:

  • Viatura Lançadora Múltipla Universal (LMU): sete unidades
  • Viatura Unidade Controladora de Fogo (UCF): duas unidades
  • Viatura Posto de Comando valor Subunidade (PCC): uma unidade
  • Viatura Posto Meteorológico (MET): uma unidade
  • Viatura Oficina Veicular e Eletrônica (OFVE): uma unidade
  • Viatura Posto de Comando valor Unidade (VCC): uma unidade

Além das autoridades supramencionadas, participaram, ainda, da solenidade de assinatura o Comandante Militar do Planalto, General de Divisão Sérgio da Costa Negraes; oficiais-generais da ativa e da reserva envolvidos com o Programa ASTROS 2020; comandantes de organizações militares e convidados.

ASTROS 2020: Alcance – Precisão – Poder

O Brasil caminha para ser uma importante Nação, com projeção cada vez maior no contexto internacional, seja pela força de sua economia, com fulcro nas dimensões de seu território e na grandeza de suas riquezas, seja por sua natural liderança regional no continente sul-americano. Essas características impõem ao Brasil ter Forças Armadas estruturadas, equipadas, treinadas, adestradas, com grande poder de fogo, alcance e letalidade que lhe possibilitem respaldo as suas decisões soberanas nos foros internacionais.


Astros 2020
Astros 2020

No Processo de Transformação em desenvolvimento no Exército, foram elencadas onze novas capacidades, destacando-se a dissuasão extra regional, que se define como sendo a capacidade que tem uma Força Armada de “dissuadir a concentração de forças hostis junto à fronteira terrestre e às águas jurisdicionais e a intenção de invadir o espaço aéreo nacional, possuindo produtos de defesa e tropas capazes de contribuir para essa dissuasão e, se for o caso, de neutralizar qualquer possível agressão ou ameaça, antes mesmo que elas aconteçam”. Das várias estratégias para atingir essa capacidade, ressalta-se a que estabelece que a Força Terrestre (F Ter) possua um sistema de apoio de fogo de longo alcance e com elevada precisão.

Para atender a essa estratégia, o Comandante do Exército determinou a elaboração do Programa Estratégico ASTROS 2020, a fim de dotar a F Ter de meios capazes de prestar um apoio de fogo de longo alcance, com elevada precisão e letalidade.

Com início no ano de 2012 e previsão de término em 2023, o Programa ASTROS 2020 contempla, em seu escopo, projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D), de aquisição e de modernização de viaturas do Sistema ASTROS e de construções de instalações de organizações militares.

Na área de P&D encontram-se os projetos de desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro (MTC) de 300 Km e do Foguete Guiado SS-40G, ambos contratados junto à empresa AVIBRAS e executados em parceria com o Exército Brasileiro (EB), bem como o Sistema Integrado de Simulação ASTROS (SIS-ASTROS), desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

O projeto de aquisições de novas viaturas do Sistema ASTROS objetiva a compra de cerca de 50 viaturas, na versão MK-6, das quais 21 já foram adquiridas e entregues. O projeto de modernização contempla as 38 viaturas ASTROS das versões MK-2 e MK-3 do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF) e visa colocá-las no mesmo patamar de funcionalidade e operacionalidade das viaturas MK-6. Até o momento, 30 viaturas já foram modernizadas e encontram-se em operação. Ambos projetos de aquisição e modernização são contratados junto à empresa AVIBRAS.

Na área da construção civil, o programa contempla a construção do Forte Santa Bárbara, situado na cidade de Formosa/GO, o qual irá centralizar todas as Organizações Militares relacionadas ao emprego de mísseis e foguetes do Exército Brasileiro.

O Programa Estratégico ASTROS 2020, além de ser indutor de transformação do Exército Brasileiro, participa do desenvolvimento nacional, na medida em que, alinhado com a Política Nacional de Defesa e com a Estratégia Nacional de Defesa, proporciona o fomento da Base Industrial de Defesa, possibilita a geração de mais de 7.000 empregos diretos e indiretos nas áreas de ciência, tecnologia e construção civil, além de inserir o meio acadêmico nos assuntos de defesa.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas