Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

China efetua lançamentos de míssil balístico a partir de submarino, relata mídia

O Exército Popular de Libertação da China efetuou lançamentos de teste do míssil balístico Julong-3 (JL-3) a partir de um submarino, comunica a mídia americana citando uma fonte ligada ao sistema norte-americano de alerta precoce.


Sputnik

Segundo comunica o site The Washington Free Beacon, o míssil foi supostamente lançado no fim de novembro, entre os dias 20 e 23, a partir do submarino eletro-diesel Type 032.


Teste de míssil chinês
Lançamento de míssil chinês | PLA Daily

Atualmente essa embarcação se encontra no mar de Bohai (noroeste da China), comunica a mídia, acrescentando que, antes disso, o mesmo submarino participou de lançamentos do míssil JL-2 (versão modernizada do míssil balístico DF-31).

De acordo com a edição, o míssil JL-3 de combustível líquido foi desenvolvido na base do míssil balístico intercontinental terrestre DF-41. Por suas caraterísticas, esse míssil é semelhante ao americano Trident II D-5 e ao russo R-30 Bulava, sendo capaz de eliminar qualquer alvo localizado no território continental dos EUA.

O alcance máximo dessa arma é de 14 mil quilômetros. Supõe-se que um mesmo míssil tem a capacidade de lançar várias ogivas, cada uma delas atingindo alvos de maneira independente.

Em abril desse ano, a mídia também comunicou que exército chinês efetuou lançamentos, de caráter secreto, de um míssil aerobalístico parecido com os russos Kinzhal.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas