Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Compra de jatos F-35 na Bélgica é adiada após renúncia de premiê

A compra por parte da Bélgica de de jatos de combate F-35 dos EUA para a modernização de sua Força Aérea será adiada devido à recente renúncia do primeiro-ministro belga, segundo uma fonte disse à Sputnik nesta sexta-feira (21).


Sputnik

"Apesar de a escolha ter sido feita oficialmente a favor dos F-35, as conversas com seu fabricante, o conglomerado dos EUA, Lockheed Martin, têm que continuar. De fato, o governo temporário não é responsável por isso. Então, a situação se torna precária até certo ponto", disse a fonte.


Caça americano F-35 (centésimo voo)
CC BY 2.0 / Samuel King Jr / F-35 100th fligh

Mais cedo, o rei Philippe, da Bélgica aceitou a renúncia do primeiro-ministro Charles Michel após o premiê ter perdido uma votação de não confiança após um conflito em seu gabinete de governo. O conflito é consequência da postura de Michel em prol do acordo da ONU sobre imigração.

O atual governo manteve as responsabilidades, porém sua atividade é limitada e não abrange decisões importantes como a negociação com a Lockheed Martin.

No dia 25 de outubro, o então premiê belga oficialmente anunciou que iria realizar a compra dos jatos de combate F-35 norte-americanos. Em outubro, a Lockheed Martin e britânica BAE Systems permaneceram com as únicas participantes da competição pela modernização da equipamento militar da Bélgica.

A expectativa é de que contrato da venda dos jatos de combate para Bruxelas seja assinado no início de 2019.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas