Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Diretor de Projetos da Marinha do Brasil diz que Programa Tamandaré não será afetado por cortes no orçamento

Convidado para falar a empresários catarinenses durante a reunião do Comitê da Indústria da Defesa (Comdefesa), da Fiesc, o vice-almirante Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, diretor de Projetos da Marinha do Brasil, garantiu na manhã desta quinta-feira que o bloqueio de verbas do governo federal não vai afetar o andamento do projeto de construção de quatro navios da Marinha em Itajaí.
Poder Naval

Ele confirmou que o recurso previsto para a empreitada, de R$ 2,5 bilhões, está contingenciado – mas acredita que isso será revertido no segundo semestre. – Esse projeto não tem volta. O Brasil e a Marinha precisam modernizar a frota – afirmou.

A Marinha foi a principal atingida pelo bloqueio de verbas no setor de Defesa, que soma R$ 13 bilhões. O recurso para as corvetas está com a Emgepron, empresa de projetos da Marinha que negocia os termos do contrato com o consórcio Águas Azuis, vencedor da concorrência pública para construção das embarcações.

O grupo tem entre as consorciadas a alemã Thys…

Eslováquia compra 14 caças F-16V por US$ 1,8 bilhão

O governo eslovaco assinou um contrato de aquisição de 1,6 bilhão de euros (US$ 1,8 bilhão) com o Departamento de Defesa dos EUA (DoD) para fornecimento de 14 aeronaves de combate multifunção Lockheed Martin F-16V Block 70/72.


Poder Aéreo

“A República Eslovaca assinou oficialmente documentos com base nos quais adquirirá 12 caças monopostos e dois bipostos”, disse o primeiro-ministro eslovaco, Peter Pellegrini, em 12 de dezembro.

F-16V
F-16 V Fighting Falcon

O contrato inclui disposições de apoio, bem como a formação de tripulantes e pessoal de apoio terrestre. Estão também incluídos os mísseis ar-ar de longo alcance Raytheon AIM-120C7 Advanced (AMRAAM) e curto alcance AIM-9X Sidewinder.

As forças armadas eslovacas receberão as primeiras quatro aeronaves em 2022, duas das quais serão variantes de dois lugares, e as 10 aeronaves monopostos restantes até dezembro de 2023. O F-16V conta com o radar ativo de varredura eletrônica (AESA) Northrop Grumman AN/APG-83 radar (derivado do AN/APG-80 do F-16E/F Block 60 e também conhecido como Radar de Feixe Ágil Ajustável [SABR]), um novo computador de missão Raytheon, o datalink link 16, modernos displays de cockpit, um sistema avançado de guerra eletrônica e um sistema de prevenção de colisão com o solo.

A Eslováquia selecionou a versão mais recente do F-16 para substituir sua frota de 12 aviões MiG-29 “Fulcrum” fabricados na Rússia que estão se tornando obsoletos (apenas duas ou três aeronaves estão disponíveis ​​a qualquer momento).

Fontes do Ministério da Defesa da Eslováquia (MoD) disseram que este estenderá o contrato de serviço da frota do MiG-29 até dezembro de 2023, quando as forças armadas eslovacas receberão todas as 14 aeronaves F-16. O Ministério da Defesa precisará negociar com a Rússia ou países terceiros a fim de garantir as peças de reposição necessárias para sua frota MiG-29.

FONTE: Jane’s

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas