Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Exército da Síria elimina mais de 270 terroristas do Daesh no sul do país

O exército da Síria eliminou mais de 270 combatentes do grupo terrorista Daesh na província de As-Suwayda, no sul do país, informou o representante do comando das tropas russas deslocadas na Síria, Oleg Makarevich.


Sputnik

O militar relatou que a ofensiva decorreu em condições climáticas difíceis e em terreno muito acidentado, com cânions profundos, cavernas e declives verticais.


Exército sírio vigia a região de Qalamoun, Síria (foto de arquivo)
Militares sírios © AFP 2018 / LOUAI BESHAR

"O inimigo criou nesta área uma defesa de vários níveis, bem preparada, cheia de ciladas antitanque e com franco-atiradores, campos de minas e vias para manobras. Por toda a área, o inimigo tinha armazéns com armas e alimentos", contou Makarevich.

Segundo ele, a operação também foi dificultada pelo fato de a deslocação de tanques e equipamento pesado ser limitada na área, enquanto os terroristas possuíam muitos lança-granadas, mísseis antitanque e lança-morteiros de 82 milímetros.

Apesar dos obstáculos, os militares sírios conseguiram capturar muitos armamentos, incluindo 12 mísseis antitanque de produção americana TOW.

O militar russo detalhou que a maioria dos combatentes chegara à província de As-Suwaydade do campo de refugiados palestinos de Yarmouk, de Damasco e da região de Al-Tanf, controlada pela coalizão internacional liderada elos EUA.

Anteriormente, foi informado que as tropas governamentais sírias libertaram em 17 de novembro as colinas de al-Safa na província de As-Suwayda, a 92 quilômetros de Damasco, assumindo o controle do último bastião do grupo terrorista Daesh no sul do país.

Segundo a agência síria SANA, durante a ofensiva foi eliminado o líder do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) no sul da Síria, Hadir al-Shishani.

Comentários

Postagens mais visitadas