Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Exército da Síria elimina mais de 270 terroristas do Daesh no sul do país

O exército da Síria eliminou mais de 270 combatentes do grupo terrorista Daesh na província de As-Suwayda, no sul do país, informou o representante do comando das tropas russas deslocadas na Síria, Oleg Makarevich.


Sputnik

O militar relatou que a ofensiva decorreu em condições climáticas difíceis e em terreno muito acidentado, com cânions profundos, cavernas e declives verticais.


Exército sírio vigia a região de Qalamoun, Síria (foto de arquivo)
Militares sírios © AFP 2018 / LOUAI BESHAR

"O inimigo criou nesta área uma defesa de vários níveis, bem preparada, cheia de ciladas antitanque e com franco-atiradores, campos de minas e vias para manobras. Por toda a área, o inimigo tinha armazéns com armas e alimentos", contou Makarevich.

Segundo ele, a operação também foi dificultada pelo fato de a deslocação de tanques e equipamento pesado ser limitada na área, enquanto os terroristas possuíam muitos lança-granadas, mísseis antitanque e lança-morteiros de 82 milímetros.

Apesar dos obstáculos, os militares sírios conseguiram capturar muitos armamentos, incluindo 12 mísseis antitanque de produção americana TOW.

O militar russo detalhou que a maioria dos combatentes chegara à província de As-Suwaydade do campo de refugiados palestinos de Yarmouk, de Damasco e da região de Al-Tanf, controlada pela coalizão internacional liderada elos EUA.

Anteriormente, foi informado que as tropas governamentais sírias libertaram em 17 de novembro as colinas de al-Safa na província de As-Suwayda, a 92 quilômetros de Damasco, assumindo o controle do último bastião do grupo terrorista Daesh no sul do país.

Segundo a agência síria SANA, durante a ofensiva foi eliminado o líder do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) no sul da Síria, Hadir al-Shishani.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas