Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Forças Armadas do Iraque relatam eliminação de 30 comandantes do Daesh na Síria

Nesta segunda-feira (31), o comando das Forças Armadas iraquianas comunicou sobre a eliminação de 30 comandantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) como resultado de um ataque aéreo no povoado sírio de al-Susah, situado na província de Deir ez-Zor.


Sputnik

"Hoje [31], aviões iraquianos F-16 efetuaram um potente e doloroso ataque aéreo contra a área de al-Susah no território sírio. O alvo foi completamente eliminado – um prédio de dois andares, utilizado como abrigo dos terroristas e local para suas reuniões", lê-se no comunicado da assessoria do comando, recebido pela Sputnik.


Militar iraquiano perto de um caça F-16 da Força Aérea do Iraque na base aérea de Balad, fevereiro de 2018
Militar e F-16 iraquianos © AP Photo / Khalid Mohammed

Segundo o comunicado, o ataque aéreo foi levado a cabo durante uma reunião de "30 comandantes do Daesh de alto escalão".

O povoado de al-Susah fica nos arredores da cidade de Hajin, um dos últimos bastiões do Daesh na Síria. Dos combates pela libertação da cidade participam as Forças Democráticas da Síria (FDS) ao lado da coalizão internacional, que opera no território sírio sem autorização das autoridades do país.

Neste domingo (30), as Forças Armadas do Iraque receberam autorização do presidente sírio Bashar Assad de atacar as posições do Daesh no território sírio, sem precisar conciliar suas ações com Damasco.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas