Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Fronteira Líbano-Israel está 'tranquila', diz ONU

A fronteira entre Líbano e Israel está "tranquila" nesta terça-feira (4), afirmou uma representante da Organização das Nações Unidas (ONU). A região passa por operação das forças israelenses para destruir túneis que supostamente são do Hezbollah.


Sputnik

O Exército israelense disse que lançou uma operação apelidada de "Escudo do Norte" para destruir "túneis de ataque", acusando a milícia libanesa de escavar sob a fronteira.


Combatente do Hezbollah em Brital, no Líbano, olha na direção da Síria
© AP Photo / Bassem Mroue

O Hezbollah ainda não havia reagido e a Força Interina das Nações Unidas no Líbano disse que não há sinais de aumento de tensão, já que os tratores israelenses já estão operando.

"A situação na área de atuação da UNIFIL permanece calma", disse Malene Jensen, porta-voz da missão da ONU que monitora a região da fronteira, em comunicado. "A UNIFIL está em contato com todos os interlocutores relevantes para garantir que as partes usem os mecanismos de ligação e coordenação da UNIFIL para manter a calma e a estabilidade contínuas", disse ela.

Em 2006, Israel e o Hezbollah travaram uma devastadora guerra de um mês, durante a qual o grupo xiita fez amplo uso de uma rede de túneis para combater as tropas israelenses.

Desde então, o grupo se gabou de reconstruir sua rede de túneis, mas nunca afirmou claramente que eles seriam usados ​​para ataques internacionais.

Israel parece cada vez mais preocupado com o fato de o Irã estar tentando transferir parte de sua influência militar da Síria para o Líbano.

Perto da aldeia libanesa de Kfar Kila, um fotógrafo da AFP viu na terça-feira pelo menos uma escavadeira israelense levantando a terra, aparentemente como parte da Operação Escudo do Norte.

Comentários

Postagens mais visitadas