Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Fuzileiros dos EUA iniciam resgate após queda de dois aviões perto do Japão

O Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA deu início a uma operação de busca e resgate perto do Japão na manhã desta quinta-feira (hora local), após um acidente envolvendo um F/A-18 que estava conduzindo um reabastecimento aéreo de um KC-130. Ambas as aeronaves caíram no mar, segundo a mídia.


Sputnik

Um caça F/A-18 tentando reabastecer seu suprimento de combustível caiu com dois membros de serviço a bordo. O petroleiro C-130 carregava cinco indivíduos quando caiu também, de acordo com a rede americana CBS, citando os fuzileiros navais dos EUA.

F/A-18 C
F/A-18 Super Hornet © flickr.com/ PRONational Museum of the U.S. Navy

"As operações de busca e salvamento continuam para os aviões do Corpo de Fuzileiros dos EUA que estiveram envolvidos em um acidente na costa do Japão por volta das 2:00 da manhã de 6 de dezembro", disseram os fuzileiros navais em um comunicado.

O par de aeronaves originou seus voos da Base Aérea Iwakuni para "treinos programados regularmente quando ocorreu o acidente", de acordo com a corporação.

As aeronaves e o pessoal japoneses também estão envolvidos na operação de busca e salvamento.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas