Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Helicóptero de Israel ataca Hamas em resposta a foguete lançado a partir de Gaza

Um helicóptero das Forças de Defesa de Israel atingiu um posto militar do grupo armado Hamas na Faixa de Gaza, segundo um comunicado do serviço de imprensa da entidade militar.


Sputnik

Antes, o jornal israelense The Jerusalem Post informou que um foguete lançado pelos palestinos a partir da Faixa de Gaza caiu ao lado de uma barreira de proteção do Conselho Regional Sha'ar ha-Negev, no distrito sul de Israel. Ninguém ficou ferido. O foguete atingiu uma área despovoada, por isso as sirenes não foram acionadas.


Helicóptero AH-64 Apache das Forças de Defesa de Israel
AH-64 Apache israelense © AFP 2018 / JACK GUEZ

"Esta noite, foi registrado um lançamento [de um foguete] a partir da Faixa de Gaza contra o território israelense. Em resposta, um helicóptero das Forças de Defesa israelenses atingiu um posto militar do Hamas no sul da Faixa de Gaza", disse o comunicado.

De acordo com os militares israelenses, o foguete disparado pelos militantes palestinos contra Israel foi o primeiro em um mês e meio. O disparo ocorreu após mais um confronto entre moradores do enclave e tropas israelenses, no qual, segundo os médicos locais, morreu um palestino e cinco ficaram feridos.

Gaza está sob bloqueio israelense-egípcio desde que o Hamas assumiu o poder em 2007.

Em meados de novembro, Israel e os grupos palestinos chegaram a um cessar-fogo por um acordo indireto, mediado principalmente pelo Egito e pela ONU. A trégua colocou fim à pior escalada de violência na região desde a ofensiva israelense em Gaza no ano de 2014.

As Nações Unidas e o Egito iniciaram um processo de mediação entre as partes para assegurar um cessar-fogo depois que militantes de Gaza dispararam 460 foguetes contra o sul de Israel, o qual retaliou com o lançamento de ataques aéreos contra 160 alvos em Gaza.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas