Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Justiça Federal condena ex-executivos da Embraer por suborno de coronel da Força Aérea Dominicana

Acordo entre empresários e oficial aconteceu em 2008. MPF acusa ex-executivos de pagarem U$ 3,5 milhões em propina para que companhia fosse favorecida em U$ 92 milhões.


Por G1 Rio

A Justiça Federal condenou nesta segunda-feira (17) dez ex-executivos da Embraer por corrupção internacional na venda de oito aviões super tucano para a República Dominicana. O acordo entre os empresários e um coronel da Força Aérea Dominicana aconteceu em 2008.

Resultado de imagem para super tucano republica dominicana
A-29 Super Tucarno da República Dominicana | Reprodução

O Ministério Público Federal acusa os ex-executivos de pagarem U$ 3,5 milhões em propina para que a companhia fosse favorecida no negócio de U$ 92 milhões. O representante da República Dominicana no acordo na época exercia a função de Diretor de Projetos Especiais do Ministério das Forças Armadas Dominicanas.

A decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, proíbe ainda o exercício de atividades públicas de qualquer natureza dos réus. Um deles teve sua pena substituída porque firmou acordo de colaboração premiada.

A Embraer declarou que não é parte do processo e não comenta situações individuais.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas