Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Lugansk: Kiev realiza treinamentos de tiro na linha de contato em Donbass

As Forças Armadas ucranianas realizaram treinamentos de tiro de sistemas de mísseis terra-ar Strela-10 junto à linha de contato em Donbass, declarou no sábado (8) o porta-voz da Milícia Popular da autoproclamada República Popular de Lugansk (RPL), no território de Donbass, Andrei Marochko.


Sputnik

No fim de 2015, foi assinado o acordo de Minsk que pressupõe a retirada de todo o armamento pesado à mesma distância por ambos os lados a fim de criar uma zona de segurança de 50 quilômetros para a artilharia e tanques com mais de 100 milímetros de calibre.


Sistema de defesa antiaérea Strela-10 durante o concurso de infantaria Chistoe Nebo 2018 (Céu Limpo 2018)
Sistema de defesa antiaérea Strela-10 © Sputnik / Vitaliy Timkiv

"Violando a linha de retirada de armas pesadas, a uma distância de 15 quilômetros da linha de contato, na região do povoado de Predtechino, os militares da 72ª brigada das Forças Armadas da Ucrânia realizaram treinamentos de tiro de sistemas de mísseis antiaéreos Strela-10", informou Marochko.

Ele acrescentou que tais ações contradizem os acordos de Minsk e "contribuem para o agravamento da situação nesta região". Marochko ressaltou que apelou aos funcionários da Missão Especial de Monitoramento da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) para registrarem essas violações nos seus relatórios.

"O inimigo continua reforçando o agrupamento de forças na zona da Operação das Forças Unidas da Ucrânia", disse o porta-voz.

Segundo ele, na região do povoado de Vasyukovka foram vistas 12 unidades de lançadores múltiplos de foguetes BM-21 Grad das forças ucranianas.

O conflito no Leste da Ucrânia entre as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk e as autoridades ucranianas já matou mais de 10 mil pessoas desde abril de 2014. O acordo de paz assinado em Minsk em 2015 ajudou a reduzir as hostilidades, mas os confrontos continuam.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas