Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Maduro: Venezuela é alvo de ameaças imperialistas

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assegurou nesta sexta-feira na cúpula da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA) que seu país está no olho do furacão das ameaças imperialistas.


Sputnik

"[América Latina] é uma área em disputa. Uma disputa intensa. Uma ofensiva contra governos progressistas. Estamos no olho do furacão das ameaças imperialistas e seus governos satélites no continente", disse Maduro durante a cúpula da ALBA que acontece em Havana.


Nicolás Maduro, presidente da Venezuela no Fórum Internacional Semana da Energia da Rússia
Nicolás Maduro © Sputnik / Sergei Guneev

Segundo ele, "uma campanha brutal contra a revolução bolivariana" está em curso.

O presidente assegurou que a luta está sendo travada entre o projeto "neocolonialista imperialista" dos Estados Unidos e o projeto de "libertação, independência e felicidade compartilhada" e promovida, entre outros, por seu governo.

Maduro considerou apropriado unir os esforços dos povos da região para estabelecer as bases para a independência dos próximos anos.

A ALBA, fundada em 2004 a pedido da Venezuela, tem entre seus membros Antígua e Barbuda, Bolívia, Cuba, Dominica, Grenada, Nicarágua, Saint Kitts e Nevis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, e Suriname.

O Governo do Equador decidiu retirar-se da ALBA em agosto deste ano, em resposta à situação política e migratória da Venzuela.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas