Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Militares detectaram 16 jatos espiões perto da fronteira russa na última semana

As autoridades russas identificaram 16 aeronaves estrangeiras realizando atividades de reconhecimento perto da fronteira russa no decorrer da semana passada, segundo um infográfico publicado pelo jornal oficial das Forças Armadas, o Krasnaya Zvezda.


Sputnik

Jatos russos foram convocados duas vezes nesse período para interceptar os aviões estrangeiros, impedindo-os de entrar no espaço aéreo russo.


Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 (arquivo)
U-2 da USAF © AFP 2018 / US AIR FORCE

De acordo com o jornal, os dados da aviação mostraram que não houve transgressões.

A presença de jatos espiões estrangeiros realizando atividades de reconhecimento perto da fronteira da Rússia tem sido frequente. Ainda segundo o Krasnaya Zvezda, ao menos 17 aviões militares de outros países foram vistos nessa situação no início deste mês.

O Ministério da Defesa da Rússia informa regularmente sobre aviões estrangeiros que se aproximam das fronteiras nacionais. Nessa conexão, tem reiteradamente apelado aos parceiros internacionais para que limitem tal atividade. Apesar disso, o número de voos de reconhecimento continua sendo elevado.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas