Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Novíssimos sistemas de combate a laser Peresvet entram em serviço do exército russo (VIDEO)

No início de dezembro, os sistemas de combate a laser russos Peresvet entraram em serviço operacional do exército russo, informou o jornal das Forças Armadas russas, Krasnaya Zvezda.


Sputnik

"Em 1º de dezembro, os sistemas de combate a laser russos Peresvet, baseados em novos princípios físicos, entraram em serviço operacional em modo de teste", revelou o jornal.


Testes do sistema de combate a laser russo Peresvet
Sistemas de combate a laser russo Peresvet © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

O vídeo da entrada em serviço operacional dos sistemas de combate a laser russos Peresvet foi publicado pelo Ministério da Defesa russo em sua conta no YouTube.

O sistema a laser Peresvet foi apresentado pela primeira vez pelo presidente russo, Vladimir Putin, em 1º de março de 2018 durante seu discurso anual perante as duas câmaras do Parlamento.

Em 19 de julho, o Ministério da Defesa da Rússia comunicou que os sistemas já tinham entrado em serviço do exército russo e sido instalados nos locais necessários.

Segundo o diretor do Centro da Análise do Comércio Internacional de Armas, Igor Korotchenko, as armas a laser russas como o sistema Peresvet são capazes de combater drones de produção industrial e caseira.

Ele revelou que, em condições atmosféricas favoráveis, quando não há nevoeiro, tempestade de areia e precipitações, ou seja, em condições ideais, os sistemas de combate a laser são bastante eficazes a eliminar drones.

"É uma de suas áreas de intervenção. Quer dizer, no futuro, qualquer base, qualquer estrutura que deva ser protegida deverá potencialmente ser equipada com armas a laser", disse o especialista.




Comentários

Postagens mais visitadas