Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Novos mísseis hipersônicos serão instalados nos Urais (VIDEOS)

Avangard e Sarmat substituirão mísseis soviéticos obsoletos e serão nova base da tríade nuclear russa.


Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

Em 2019, o Ministério da Defesa russo deverá instalar os primeiros mísseis balísticos intercontinentais RS-26 Avangard nos subúrbios da cidade de Orenburg, 1.200 km a leste de Moscou.


Resultado de imagem para avangard sarmat
Lançamento do ICBM Sarmat| Reprodução

Segundo o comandante-em-chefe das Forças Estratégicas de Mísseis da Rússia, Serguêi Karakaev, os novos mísseis hipersônicos aumentarão significativamente a potência nuclear da Rússia, já que podem superar todos os sistemas de defesa antiaérea existentes.

Avangard RS-26

O RS-26 é um míssil balístico intercontinental que pode atingir alvos em qualquer parte do mundo. A principal caraterística do novo míssil é sua capacidade de alcançar a altura de dezenas de quilômetros e voar em direção ao alvo em camadas densas da atmosfera ou no espaço.

Segundo informações não oficiais, o poder de uma unidade de combate hipersônico do Avangard pode variar entre 800 quilotoneladas e a 2 megatoneladas, ou seja, algo equiparável a uma explosão aproximadamente 130 vezes mais forte do que a da bomba nuclear de Hiroshima.

O comprimento do míssil, ainda segundo fontes não oficiais, será de 5,4 metros e a sua velocidade máxima chegará a 24 mil km/h.

Sarmat RS-28

Além do Avangard, a pasta da Defesa russa também pretende instalar mísseis intercontinentais de propelente líquido Sarmat RS-28, que pesam cerca de 100 toneladas.

Este míssil deve entrar em operação no início dos anos 2020 e substituir o míssil estratégico mais pesado do mundo, o R-20B “Voevoda”, que tem 211 toneladas.

"O novo míssil será mais leve e terá alcance maior. Enquanto o ‘Voievôda’ pode voar 11 mil quilômetros, o ‘Sarmat’ cobrirá uma distância de até 17 mil quilômetros. Segundo os engenheiros, o ‘Sarmat’ poderá voar pelo Polo Sul, uma zona sem escudos antimísseis", disse o analista militar da agência de notícias Tass, Víktor Litóvkin.

Diferentemente do ‘Voievôda’, que tem 10 ogivas, o ‘Sarmat’ terá pelo menos 15 ogivas nucleares guiadas individualmente. As ogivas funcionarão como bombas de fragmentação, com capacidade de 150 a 300 mil toneladas, e poderão ser lançadas separadamente contra alvos diferentes.



RS-26 Avangard



RS-28 Sarmat

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas