Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Oposição síria: tropas estrangeiras devem deixar o país

Todas as forças estrangeiras devem deixar o território da Síria após a resolução do conflito, disse à Sputnik um membro da delegação da Comissão de Negociação Síria, Hadi Bahra.


Sputnik

"Acredito que a Síria deve finalmente se libertar da presença de tropas estrangeiras. Acho que isso só será possível depois que alcançarmos uma solução política justa para o conflito na Síria e cumprirmos com a resolução 2254 do Conselho de Segurança da ONU", disse Al Bahra.


Militantes rebeldes da oposição síria
Militantes rebeldes sírios © REUTERS / Ammar Abdullah

Desde março de 2011, o país árabe vive um conflito armado no qual as tropas do governo são confrontadas por grupos armados de oposição e organizações terroristas.

Os EUA, liderando a coalizão internacional antiterrorista, vêm lançando ataques aéreos contra a Síria desde 2014, sem o consentimento das autoridades de Damasco.

Por outro lado, a Rússia realiza uma ofensiva aérea desde setembro de 2015, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad, para impedir o avanço dos terroristas.

Em 6 de dezembro de 2017, o Estado-Maior russo anunciou a liberação completa de todos os territórios anteriormente controlados por terroristas do Daesh. No entanto, algumas células jihadistas ainda realizam ataques em algumas partes do país.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas