Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Para Trump, países vizinhos da Síria podem conter os resquícios do Daesh

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que "países locais", incluindo Turquia, são capazes de lidar facilmente com os membros remanescentes do Daesh na Síria.


Sputnik

A fala do presidente dos EUA se refere ao período após a saída das tropas dos EUA do território sírio.


Trump se reúne com apoiadores na Pensilvânia.
Donald Trump © Sputnik/ Katelyn Oaks

Na quarta-feira (19), Trump anunciou a saída de 2 mil oficiais das tropas norte-americanas do território sírio. Ele justificou a medida afirmando que o Daesh, grupo terrorista proibido na Rússia, foi derrotado e que esse era o principal objetivo dos EUA.

"Na Síria, nós originalmente ficaríamos lá por três meses, e isso foi há sete anos atrás — nós nunca fomos embora. Quando me tornei presidente o ISIS estava radicalizando. Agora o ISIS está majoritariamente derrotado e outros países locais, incluindo a Turquia, podem facilmente tomar conta do de qualquer coisa que sobrar. Nós estamos voltando para casa!", disse Trump no Twitter.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas